segunda-feira, março 09, 2009

Procuro

Pode o horizonte que se conquista, ao dar um passo atrás, afinal esconder o que se procura?

14 comentários:

Eyes wide open disse...

:S possivelmente...num seie... confesso que me fizeste reflectir sobre isso uns minutinhos...


*

legivel disse...

... claro que pode! Por exemplo (não há nada melhor que um exemplo para exemplificar uma afirmação): da sala onde me encontro, o meu olhar abarca um horizonte. Se me tirar dos meus cuidados e partir para esse horizonte, quando lá chegar, esse horizonte deixou de ser o horizonte que eu via dantes, para dar lugar a outro horizonte. E assim sucessivamente. Ou seja: um horizonte, esconde sempre outro horizonte


vou almoçar antes que esta história me caia na fraqueza.

ze disse...

e o que se procura, Rui?

JPD disse...

É sempre na procura, na busca, que todas as hipóteses estão em aberto.

Afinal de contas, a linha do horizonte é uma falsa referência: quanto mais nos aproximamos, mais ela se afasta.

Um abraço, Rui

Carla disse...

creio que pode sim senhora
beijos

Maria Liberdade disse...

Ocultar, não. Revelar. Quanddo se chega àquele ponto do horizonte algo se revela. Algo que nos pode fazer esquecer o que ansiavamos encontrar no horizonte ou tão simplesmente voltar atrás porque o horizonte é-nos bastante.

Arabica disse...

Andas a ler o Alquimista? :)

Rui disse...

Vá de Metro, Satanás!

(que ainda apago a mal traçada linha...)

Arabica disse...

;)

Desconhecida disse...

Depende do que se procura :)

Um beijinho

Anjo De Cor disse...

Há sempre um horizonte, o que não quer dizer que encontres nesse horizonte o que procuras... ;)
Bjs**

~pi disse...

it is pos-sible

but i don´t know.

( really,



~

lélé disse...

São os recuos estratégicos...

Azul disse...

...afinal é apenas o horizonte que se move! Belo. Abraço. Azul.