quinta-feira, fevereiro 15, 2007

Da Pausa Que Termina, Continuando

devia escrever aqui alguma coisa,

dar uma palavra,

mas sinto como se as tivesse consumido todas,

num altar cheio de vozes.

não é assim,

sei disso.

e sinto o que sei não ser

apenas mais um murmúrio,

que se escapa.

mas eu sei que não é assim,

que devia dar uma palavra.

depois.

32 comentários:

A. disse...

oooh Rui,





My love she speaks like silence,
Without ideals or violence, She doesn't have to say she's faithful, Yet she's true, like ice, like fire. People carry roses, Make promises by the hours, My love she laughs like the flowers, Valentines can't buy her.

In the dime stores and bus
stations, People talk of situations, Read books, repeat quotations, Draw conclusions on the wall. Some speak of the
future, My love she speaks softly..........................

B.Dylan________________________.






...maravilhoso e certeiro.
especial.obrigada.




benvindo.

lélé disse...

palavras, leva-as o vento... e com o vento que tem estado, compreende-se porque tanta gente tem andado calada...

Sininho disse...

Passei para te dar um abraço, tenho andado ausente mas n esqueci o teu cantinho, boa sorte para o teu projecto, e palavras, podes sempre dar quando o tempo a isso te permitir, e palavras podes dar sempre depois. Beijo

Fortunata Godinho disse...

Aguardaremos. Já esperamos até aqui... Volta quando quiseres, mas sê breve!

Luciana disse...

E então, conta-nos, como correu ou corre o texto?! Queremos novidades!! :)

Quanto às palavras, essas têm tempo, por isso prometo estar sempre atenta a novidades aqui neste teu espaço que tanto gosto!
Beijinhos

Teresa Durães disse...

estás de ressaca de escrita. entendo. mas precisei de precisar a tua mitologia no Papel de fantasia ;)

ehehehhe

bom dia para ti e descansa

Teresa Durães disse...

(tinha de me meter com os dois. Nada como um dois em um!)

zeni disse...

Está tudo bem?

alice disse...

venho direitinha do legível. acho que merecia a publicação em acta de malefícios os comentários que lá vais deixando. para felicidade geral dos leitores e em particular a minha. deixo aqui a minha mais do que admiração. beijinho grande.

A disse...

:)

Rui, entre leitores/escritores/admiradores/bloggers não existem obrigações de nada.

Gostei muito do teu comentário lá no meu espaço. Há comentários que nos fazem pensar. Os teus são sempre geniais. Como os do amigo Legível :)

Já agora boa sorte.... para o concurso, claro. Ou noutra linguagem: "break a leg!" já a inha mana mo diz sempre e resulta.

Beijinhos grandes

Sofia disse...

Nós te esperamos!!!!

bjs

Licínia Quitério disse...

Mas acabas de dar as palavras certas. E eu te agradeço.
Por todas as que vais pintando e cantando por aí.

Felicidade, Rui.

tb disse...

e como as acabaste de dar, dou-te eu também um abraço. :)

sea disse...

don't worry :)
tudo a seu tempo ;)
e tudo tem o seu tempo.
beijo

Opintas/Bernardo disse...

Razão tem a Sea. Boa noite.

farinho disse...

É por vezes andamos assim, com a mente em branco, eu que o diga que ando sem inspiração para escrever, há alturas assim.


Beijocas

Anónimo disse...

abraço. enorme. sem pausas.





fica bem.





Ysa(de um Piano)

legivel disse...

... o que é que te hei-de dizer, sobretudo depois de mais uma derrapagem? que estou bem de saude? que só me apetece rir? que a felicidade devia ser pintada de verde e está cada vez mais amarela?

Ora, que se dane!


In "O diário de um lagarto pintado"

profundamente disse...

O que interessa é aparecer, deixar algumas palavras, não nos deixar sem a sua presença.



Um abraço

Micas disse...

Nós por aqui continuaremos...

Beijo

Whisper disse...

Não, as palavras não se consumiram todas...

a presente partilha é prova viva disso mesmo!

Obrigada pela visita ao nosso cantinho, que espero ter sido suficientemente acolhedora para justificar o regresso.

Bom domingo!

vida de vidro disse...

Mas deste palavras. Belas, necessárias e suficientes. Por mais, esperamos. **

Sara MM disse...

Já sei onde podes ir buscar novas palavras... aaaaaaah!ah!ah!
... ou simplesmente aproveitar essa pausa... descansar, descansar, descansar... passear, passear, passear... viver, viver, viver! :oD

Bjssss

poca disse...

às vezes o depois... é o caminho escolhido para se seguir, sem se assumir...
o adiar, não resolve.. até resolvermos por fim..
e fica lá... a olhar para nós.. a matutar.. fica

Margarida Atheling disse...

Estas palavras bastam por agora, Rui! :)

Bjs

segurademim disse...

... tu dás muito mais que palavras

sabes, não sabes????

beijo Rui :)

Anónimo disse...

... o vicio de abrir o PC e ir ver se os blogs dos meus favoritos tem algo de novo continua, e fico contente em ver que ainda estas por aki disposto a dar-nos algo teu ;-) as tuas palavras poucas que sejam são sempre bemvindas.
Beijinhos e espero que tenhas tido um bom carnaval. Jaquinnna.

Sara MM disse...

afinal... terminou mas pouco!!! LLOOLLLL

Senhora das Aguas disse...

é bom ter te novamente por perto...

jguerra disse...

Nunca gastamos as palavras todas. Às vezes não vêem assuntos com tanta facilidade, ou não nos apetece simplesmente escrever.

APC disse...

Sei!...

:-)

Meia Lua disse...

:) sim, depois...