quinta-feira, julho 10, 2008

Três Anos

Três anos é um mar suficiente para imensas palavras. Ainda que muitas delas não tenham sido as mais acertadas, as que, verdadeiramente, diziam aquilo que queria ser dito, valem todas, têm todas (a mesma) importância. Ainda assim, certas e erradas, são apenas uma ínfima parte daquilo que quem as emalhou, é.
Dizemos de nós malhagens de variável tamanho e significado, quando criamos personagens e enredos – mesmo quando de nós eles são o mais diverso possível. Fazemo-lo por uma qualquer necessidade de chegar mais além: um esperançado prolongamento de nós, uma mão estendida sobre as águas que anseia por um toque ou que, tão simplesmente, serve para largar algo que nos pesa, que nos atrasa o necessário regresso à margem.

Atiramos palavras à vida como quem lança uma rede ao mar. Felizes daqueles que, através delas, conseguem trazer até si algo de bom.

Foram três anos bons.


boomp3.com

35 comentários:

Maria Liberdade disse...

Provaste que escreves muito bem. E tenho a certeza que tocaste muitos com alguns dos teus textos. PARABÉNS!

Graça B. disse...

Muitos Parabéns, por todas as palavras que até agora atiraste ao mar da vida. Este lugar a leste de sítio nenhum tem sido um belo ancoradouro. Continua, então, a agitar o mar.

* disse...

eu não conheci de principio, mas sinto-me feliz por ter esncontrado este espaço aqui, com tanto de bom. por isso obrigada.

Eyes wide open disse...

(eu já vinha preparada para reclamar... que esse calendário do mês de Julho estava cheio de buracos, porque já tinha chegado o mês e posts nem vê-los... e que música fantástica esta, sr. Malefícios)


You are a magician with the words... desde que aqui estou, e aos poucos, fui lendo tudo o que se fez antes de eu aqui chegar, e gostei. O estilo, a criatividade, o humor, a minúcia descritiva. Nos posts, nos comentários que nos vais deixando... aqui há uns tempos estive para deixar de permitir comentários aos meus posts, mas depois pensei, ora bolas, não pode ser. Não posso perder os comentários do sr. Malefícios. Os tais que tantos sorrisos me roubam quando abro o meu gmail...

Parabéns pelo excelente fruto da tua dedicação. E que venham muitos mais anos...


;)



*

angela disse...

parabéns
:)
muitos

lélé disse...

Ha muitas razões por que se faz e escreve o que se faz e escreve. Se elas são importantes? Claro! Mas elas já foram umas e agora serão outras (?) (são umas volúveis, as razões!) e entrançam-se com outras razões num enredo bem emalhado, que não é só teu.
Tu escreves excepcionalmente bem e
eu tive muita sorte em ter encontrado este blog...

Inês Diana disse...

Ruizito!
Já são 3 anos?? Passaram que foi um instante! ;)
Continua, por mai uns... 30, sim? :))
Beijo grande para ti e para os teus!

Inês

P.S.- Já que estás perto... vai me visitar à Fil, sim? :) Estou lá com um stand, este ano!

rosasiventos disse...

fogo

PARTO pergaminho

manhã fresca luz de ti sangue

meu nu fruto

TERRA


( três anos!!! :)

~pi disse...

como nuvens, palavras:

atadas num fio

muito

muito

alto!! @@@@




beijo

~pi disse...

de

~pi disse...

parabéns :)

Vanda disse...

Sou uma peixa sortuda por ter ficado presa nas tuas redes de palavras!

Parabéns pelos 3 anos de escrita, com imaginação, criatividade, emoção, humor, alegria, solidariedade, lucidez, sinceridade e desculpa :) loucura :)


(lembro-me da historia de uma certa mosca espanhola, de um certo gato vadio e de outras que nem precisam ser referenciadas ihihih)


Um beijo e bom fim de semana!

Paty disse...

Parabens Rui por estes 3anos cheios de letras com mutio sentido, emoção, palavras carregadas que acabam por se encaixar nas nossas vidas e fazer sentido para cada um de nós...
Jokas

Paty

sinhã, a. disse...

venham mais palavras atiradas. ;-)

Bonnie Parker disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bonnie Parker disse...

Sente-te um privilegiado.
Foste roubado!

Clyde Barrow disse...

Dear Bonnie, sabe bem roubar, mas roubar quem grita que não deixa, é quase como ter orgasmos!

Esperamos que te sintas violado.

Rui disse...

Bonnie,

Sinto-me privilegiado quando aqui me lêem.
Quando aqui me roubam, sinto... a bem dizer, o que agora sinto, é fome.

Clyde Barrow disse...

Rui,

Come uns coiratos que isso passa.

Bonnie Parker disse...

Ou uma sandes de arame farpado para arranhar a fome!

Azul disse...

Olá Rui. Parabéns pelos 3 anos de blogue que, não conheço desde o início, mas ao qual tenho sido fiel a partir do momento em que o li pela primeira vez. Fidelidade a minha, fruto da escrita escorreita e interessante que consegue realizar e que muito aprecio. Como diz neste regresso (tão ansiado), nem que sejam palavras aquilo que mandamos de caras p'ra vida, vale a pena atirá-las sempre. Um grande abraço para si. Até breve. Azul. E, já agora, votos de mais anos de luz!

Carla disse...

não te apanhei no princípio da viagem, mas conheço muitas das tuas palavras e só posso dizer que gosto imenso delas, espero que consigas multiplicar estes três anos por muitos mais...
...e como entendo o que dizes das histórias que criamos!
beijos de parabéns

Vieira Calado disse...

3 anos e uma idade já bonita para um blog.
Pelo que vejo, muitos deles morrem à nascença...
Força!

Inês Diana disse...

Também gostei de te ler! :)

Aliás... tenho imensas saudades de blogar e de te ler!

Mas sabes como é, iniciar uma actividade por conta própria... leva-nos o tempo todo, se queremos ter sucesso! ;)

Eu volto... :)

Beijos!!

Ana P. disse...

Voltei no PROTEGE_ME com um pedido de ajuda.
Bjs

inBluesY disse...

e venham outros mais !

bjs

Anjo De Cor disse...

Passaram a voar e nas assas voavam as tuas palavras ;)
Muitos Parabéns Amigo, gosto muito de vir aqui ler-te.
Bjs
Sónia

angela disse...

muitos parabéns

angela disse...

(não são demais) :)

Leonor disse...

azar o meu que só navego neste mar de palavras há bem pouco tempo. mas com muito gosto. parabéns

Anónimo disse...

lembro-me como se fosse ontem o início deste blog...

e lembro-me disso com um misto de ternura e amargura...

:)

parabéns pelo teu percurso, por seres como és e por nos dares o privilégio de termos breves vislumbres de ti..

parabéns rui

tracinho lindo

Moon_T disse...

"Sou daquelas almas que as mulheres dizem que amam, e nunca reconhecem
quando encontram; daquelas que, se elas as reconhecessem, mesmo assim
não as reconheceriam. Sofro a delicadeza dos meus sentimentos com
uma atenção desdenhosa. Tenho todas as qualidades, pelas quais são
admirados os poetas românticos, mesmo aquela falta dessas qualidades,
pela qual se é realmente poeta romântico. Encontro-me descrito (em
parte) em vários romances como protagonista de vários enredos; mas o
essencial da minha vida, como da minha alma, é não ser nunca
protagonista."

F.Pessoa




obrigado

Anónimo disse...

"... Watching the days go by
Thinking bout the plans we made
The days turn into years
Funny how they fade away

Sometimes I think of those days
Sometimes I just hide away
Waiting on that 9:20 train
Waiting on a memory..."

It's been a long time :)
Lazy Daisy

morfose disse...

3 anos é muita fruta.
PARABÉNS!

Anónimo disse...

Parabens rapaz escritor, e o livro??
Eu sei que fui... mas volto sempre.
Foi em Julho e eu só vi agora, vale mais tarde que nunca, frases feitas e tal, banalidades, não sei o que dizer, sabe bem ler e descobrir quem assina como LD e rsikita linda, convencida...
Um abraço e um beijo para as meninas.

PS. Tou farto de Espanhois

Francisco (X)